Escolha uma opção:

domingo, 18 de março de 2012

O espetáculo continua... - Maria José Federighi Nisgoski

Clique na imagem para ver de onde ela veio!


Numa reflexão mais profunda, analisei os personagens que já interpretei nos palcos da vida.

1º Ato

Quando nasci, totalmente incapaz, foi graças a dedicação de minha mãe e ao apoio do meu pai, que passei para o 

2º Ato

Nesta fase consegui me equilibrar em cima de frágeis perninhas e comecei a explorar meu pequeno mundo. Olhar curioso, mãozinhas buliçosas e tombos, muitos tombos.

3º Ato

Infância! A melhor época da vida. Tinha a família que me dava proteção, a escola e os queridos mestres que me ensinavam com tanta dedicação, os amiguinhos, as brincadeiras. Inesquecível! De repente, a criança partiu para o 

4º Ato

Foi uma fase complicada. As alterações hormonais e meus conflitos de identidade foram só meus. Não os espalhei pelas adjacências. Quando muito, uma amiguinha mais íntima participava das inocentes conjeturas.

5º Ato

Teve algumas mudanças no cenário e entram em cena personagens com maior responsabilidade na interpretação. A época do namoro foi a mais prazerosa. Casamento, nem tanto. Filhos são bençãos. Nesse ato é exigido muito dos atores e nem sempre os integrantes do elenco têm um desempenho digno de aplausos.

O tempo vai passando e essa peça é sempre encenada, só variando o elenco e os palcos em que é apresentada.

Será que já interpretei meu último papel? Será que vão dar preferência aos artistas mais novos e eu vou ficar só assistindo, não podendo mais participar?

Quem sabe alguns companheiros que contracenaram comigo se lembrarão da minha atuação? Posso não ter sido uma diva, mas dei o melhor de mim para a plateia não me vaiar.

Acho que ainda tenho algum potencial a ser explorado. Vou tentar, com muito empenho, errar menos e acertar mais.

A experiência me ajudou a aprimorar esse personagem que a vida me designou. Enquanto houver plateia que aprecie este magnífico espetáculo que é a vida, a peça continuará em cartaz!

=========================================

Minha amiga Maria José Federighi Nisgoski faz parte da diretoria atual da AEPTI - Associação dos Escritores, Poetas, Pintores e trovadores de Itatiba, e participou de todas as antologias dessa associação, hoje entrando na XVI edição.

Outras poesias da autora: 


Abraços renovados!

7 comentários:

  1. Muito bacana este texto.
    E bela escolha da imagem, casou direitinho.

    Abraços e paz!

    ResponderExcluir
  2. Somos personagens mesmo no teatro de nossas vidas! Belo texto. Reflexivo!
    Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  3. Joe, a vida ás vezes parece mesmo uma novela!Lindo texto e divertido tb!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. aDOREI O TEXTO JOE, LINDA ESTA VIAJEM NO PALCO DE UMA VIDA, ALIÁS TODOS NÓS ATUAMOS NESTE PALCO, MUITO BOM MESMO, BEIJOS LUCONI

    ResponderExcluir
  5. vim e gostei imenso!!! sim, meu querido novo amigo, a vida é um teatro, esperando que os actores sejam bons!!! nao seremos perfeitos, pqe a perfeiòao nao existe, mas sim, fizemos, fazemos o possivel para actuar bem!
    um gde abraçO!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia amigo, então, sou formada em Artes Cênicas e talvez por isso sempre vejo minha vida em um palco tbém contada em atos, adorei, a autora está de parabéns! Abraços

    ResponderExcluir
  7. Amigo Joel, bom dia, passando aqui para desejar um feliz Dia do Blogueiro, celebrado neste 20 de março.
    Muitas coisas boas nesta data! Afinal hoje também é o Dia Internacional dos Contadores de Histórias.

    Abraços, saúde e paz!

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!