Escolha uma opção:

terça-feira, 30 de outubro de 2012

O mundo de Raimundo


Clique na imagem para ver de onde ela veio!


Pode o mundo de Raimundo voltar a ser um bom mundo
Se o que vemos todo dia são um bando de vagabundos
Que com a cara mais lavava vão embolsando o dinheiro
Que serviria para nutrir muitas bocas do povo brasileiro

Pode o mundo de Raimundo voltar a ser mais humano
E a caridade, a bondade, pertencerem mais ao cotidiano
Não só do pobre para com o pobre, mas do alto escalão
Que se exibem em lautas sacanagens nas telas da televisão

Pode o mundo de Raimundo voltar a ser menos traiçoeiro
E o amor volte às origens longe dos dogmas financeiros
E os filhos tenham exemplos de como ser um cidadão
E que os bandidos de todas as classes mofem na prisão

Pode o mundo de Raimundo voltar a ser mais igualitário
E os governantes passem a ter não um pomposo salário
Mas somente uma gratificação por fazer pelo povaréu
Que hoje mendiga de cidade a cidade a passar o chapéu

Pode o mundo de Raimundo voltar a ser um mundo ideal
Para que o Raimundo retorne enfim para a sua terra natal
Para que ele abrace os filhos que deixou a própria sorte
Para que essa alegria o abrace antes da indesejada morte

======================================

Essa minha poesia foi premiada no X Concurso "Desperte o Poeta que Existe em Você" da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e Região, num evento emocionante que tive o prazer de participar, no último dia 27 de outubro.


Nesta foto do evento (da esquerda para a direita), meu amigo Nei (irmão da Drika), Neide (uma pessoa com um dos humores mais elevados que conheço), dona Rosa (poetisa estupenda), Maria José (vencedora do concurso de poesias de Salto em 2011), Nicolinha (fofuchinha) e eu (o homem mais bonito que eu conheço... Ah, e modesto também... E mentiroso...).

Todos (com exceção por enquanto da Nicolinha, lógico) participantes premiados no concurso e membros da AEPTI.

O mundo de Raimundo, antes de uma poesia, é um dos desejos que eu tenho para com todos aqueles simples homens, que abandonam seus lares, as províncias onde nasceram, para arriscar a sorte entre outros seres muitas vezes diferentes e insensíveis. Que a felicidade enfim brilhe nos olhos destes importantes homens, que ajudaram a construir nossas cidades abdicando das suas.

Abraços renovados para todos.

6 comentários:

  1. Mereceste a premiação.Linda poesia! Isso nem é novidade!!Parabéns! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Parabéns amigo Joel pela premiação e pela inspiração.
    Abraço do amigo de K

    ResponderExcluir
  3. Olá,Joel. Parabéns pela premiação! Na verdade, eu conheço um Raimundo; é meu cunhado. Mineirinho, sempre sorrindo, também deseja as mesmas coisas que o Raimundo do seu poema.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Joe,vc merece!Muito linda a poesia e adorei ver a Nicolinha na foto com vc!Bjs e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  5. Ah Joe que alegria ver que o talento de um amigo está sendo coroado, parabéns ficou linda a poesia, do jeitinho que gosto bem humana, bem real, você merece muito mais beijos Luconi

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!