Escolha uma opção:

sábado, 29 de agosto de 2015

Um professor que adoraria ver jogos no Currículo Básico Escolar


Clique nas imagens para ver matérias sobre RPG Educativo!


E aí meu amigos, como vão!

Quanta gente não ouviu falar até hoje como os jogos eletrônicos são prejudiciais à saúde e a mente do jogador, gerando até no seu extremo correlação com pessoas altamente descontroladas, psicologicamente falando, onde seus delitos são atribuídos a megaexposição aos jogos?
Tenho comigo que qualquer hobby ou atividade que seja realizado em excesso pode nos trazer um desequilíbrio, então o negócio é não abusar de nada, fazer tudo moderadamente e de tudo um pouco. Seria a única exceção é amar? Não posso afirmar isso, pois todos nós também já ouvimos falar do que muitos até hoje causaram ao seu mundo em nome de um tipo de amor...
Voltando ao tema da postagem, ontem eu recebia minhas notícias sobre RPG Maker em meu e-mail, assim como recebo notícias diárias sobre mobilidade urbana, trânsito, concursos literários, etc. ( quem não sabe do que eu estou falando, clique AQUI e crie o seus próprios alertas), e me deparei com uma postagem interessante do professor Ronaldo no fórum Mundo RPG Maker, onde o mesmo iniciou um debate sobre a importância dos jogos como ferramenta útil para auxiliar no aprendizado escolar e ainda propondo a ideia de que os jogos poderiam ser inseridos no Currículo Básico Escolar...
Insano ou inovador? O que você acha deste professor?
Antes de formar uma opinião, clique AQUI e leia a postagem realizada por lá, linha por linha, onde eu também teci o meu comentário, na pele do usuário JoeFather.
Complementando o meu argumento favorável utilizado por lá, eu só posso dizer que qualquer ferramenta tecnológica, desde que utilizada com maestria, pode auxiliar no desenvolvimento educacional de uma criança. Como citei no debate do fórum, minha pequena Nicolinha teve parte de seu aprendizado extra-curricular (chique isso, não, para uma criança de 5 anos hehe) através de jogos educativos. Eu mesmo criei um jogo em Access para auxiliá-la a contar e escrever, e o resultado na época foi muito gratificante.
É claro, nada substitui os livros e a boa interação ao vivo e a cores com os professores, nossos amados mestres, mas no mundo tecnológico que vivemos quanto mais os nossos pequenos perceberem que a tecnologia existente não foi criada somente para o lazer, muito ao contrário, serve principalmente para o aprimoramento do ser humano no que diz respeito a facilitar a sua passagem por esse nosso planeta, assim quantos cientistas não estaremos criando nesse amplo laboratório terrestre existente nos dias atuais.
Em suma eu penso que seja um desperdício não tirarmos algo de bom de todos os meios a que temos acesso, desde, como citei, esse processo seja pautado no equilíbrio, sendo cada vez mais aperfeiçoada para que envolva inúmeras e inúmeras matérias ao mesmo tempo, e o principal: que potencialize o interesse do aluno a desenvolver a sua massa cinzenta e absorver cada vez mais um amplo conhecimento.

Ah, aproveito para linkar locais onde o tema está sendo discutido, num patamar acadêmico, endereços eletrônicos estes citados pelo amigo Lucas Kich no blog:



E você? O que acha?

Abraços renovados!

7 comentários:

  1. Meu caro JG, sou professora aposentada e vii em uma época de educação tradicional. Entretanto sempre acreditei que o que se faz com prazer, com jogos e brincadeiras torna a aprendizagem mais agradável e os conteúdos são vivenciados e assimilados mais facilmente.Em nossa era digital é impossível dissociar aprendizagem da tecnologia. É o desconhecimento da riqueza e das possibilidades oferecidas pelos jogos que faz com que professores e dirigentes deixem de explorar essa ferramenta. Talvez quem precise utilizá-la inicialmente sejam os professores... Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente minha cara Jane! O primeiro passo é especializar quem especializará! Grande abraço!

      Excluir
  2. Meu camarada Joe! Realmente seu trabalho é formidável, pois você veste a camisa... Os que realmente deveriam pensar na educação não estão muito preocupados veja. Citando o PISA:

    O Programme for International Student Assessment (Pisa) - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes - é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada a estudantes na faixa dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.
    O programa é desenvolvido e coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em cada país participante há uma coordenação nacional. No Brasil, o Pisa é coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

    Em 2015, a aplicação do Pisa será 100% por meio do computador, com foco em Ciências. Novas áreas do conhecimento entram nas avaliações: Competência Financeira e Resolução Colaborativa de Problemas. No Brasil, a realização do Pisa ocorre no mês de maio para estudantes selecionados de todos os estados. A avaliação vai envolver, aproximadamente, 33 mil estudantes nascidos no ano de 1999, matriculados a partir do 7º ano do Ensino Fundamental, distribuídos em 965 escolas. As informações contextuais serão coletadas por meio de três tipos de questionários: Questionário do Aluno, Questionário do Professor e Questionário da Escola.
    Fonte: http://portal.inep.gov.br/pisa-programa-internacional-de-avaliacao-de-alunos

    O Brasil sempre está entre os últimos colocados e ouvimos sempre o papo de “Pátria Educadora”, veja o link para baixar em PDF os resultados e nossa colocação: http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/resultados/2013/country_note_brazil_pisa_2012.pdf

    Abraço camarada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Ronaldo como vai!

      Não conhecia o PISA (e tenho certeza de que muitos outros educadores de inúmeras áreas também não) e achei um mecanismo muito interessante para medir a eficácia do ensino mundial na faixa etária proposta e a 58ª posição do Brasil no ranking de 2012 pressupõe que muito ainda precisa ser feito para "conquistar" o interesse do jovem para o aprendizado, e nesse nosso mundo tecnológico, como citei na postagem, nada melhor que se aproveitar desses meios para que, ao mesmo tempo em desenvolve um lado importante e que vai ser utilizado cada vez mais no campo profissional, onde os jovens já nascem com uma afinidade incrível, e explorar todo o lado acadêmico necessário para sua melhor formação.
      Grato meu amigo pela sua importante interação, afinal, foi você mesmo, meu amigo, que motivou a criação desta postagem.
      Grande abraço!

      Excluir
    2. Nada disso camarada, você que faz um excelente trabalho que é para poucos. Eu parei de escrever no meu blog por falte de tempo e também por não ter interação com o leitor. O URL do blog é http://estudarocaminhodosucesso.blogspot.com.br/, por isso já passei o URL do seu blog para colegas e alunos.

      Gostaria de apresenta-lo para o grande trabalho do professor Pier, que infelizmente faleceu neste ano. Mas para mim será um herói de verdade sem Super poderes que lutou muito para que nossa nação seja uma nação melor.
      Grande Abraço!
      https://www.youtube.com/watch?v=Q2f9W7KDwjA

      Excluir
    3. Ronaldo meu caro, eu também já pensei em largar o blog faz tempo, por falta de tempo. Ainda não consegui, porque sempre surge uma nova história para ser contada, um fato novo sobre mim ou sobre o mundo que desejo publicar, é isso que me move...
      Quanto ao vídeo, acabei de assisti-lo na íntegra agora, nesse link (https://www.youtube.com/watch?v=q-1pfviGMRQ&feature=iv&src_vid=Q2f9W7KDwjA&annotation_id=annotation_752549591), já vou recomendá-lo para outros, provavelmente faça uma postagem sobre o excelente professor Pier, que eu não conhecia e que infelizmente não virei a conhecer pessoalmente, pois já nos deixou; e o mais importante é que ainda tenho tempo de utilizar sua importante técnica de aprendizado na minha filha de 8 anos, focando em dois pontos cruciais: despertar o seu interesse de leitura, não pelo que eu acho atraente, mas através daquilo que a inspira a ler, e o aprendizado diário dentro de um prazo de 24 horas, para utilizá-lo como costume. Muito grato pela indicação.
      Abraços renovados!

      Excluir
  3. Parabéns pelo excelente trabalho meu amigo.

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!