Escolha uma opção:

sábado, 7 de maio de 2011

Jamie Beck e suas impressionantes fotos que se movimentam




Quem é que não se lembra do filme ao qual a imagem acima faz parte? Nunca ouviu falar? Nossa!

Se trata de uma atuação brilhante de quando o ator Jack Nicholson (ainda dono de uma bela cabeleira, diga-se de passagem) fez um caseiro de um gigantesco hotel no filme O iluminado (1980), baseado num livro do meu autor favorito, Stephen King.

Mas mesmo assim ao olhar a foto acima você não vai conseguir ter uma certeza de como exatamente era o personagem de Jack, pois a imagem reflete-nos a um pai meio que brincando com um possível filho.

Agora veja a mesma imagem abaixo, tratada pela fotógrafa Jamie Back, usando uma técnica que ela chama de 'cinemagraphs':





Conseguiu perceber agora, com essa bela movimentação acrescentada à imagem como ficou mais fácil perceber que o menino está lidando com um doido varrido? :)

Pois é, é esse mesmo o objetivo principal de Jaime, dando vida e passando mais alguma mensagem de uma imagem, seguindo os padrões das gifs animadas.

Confira no link abaixo outros maravilhosos trabalhos da mesma, são de nos deixar com o queixo caído, onde ela procura explorar todo o potencial que uma imagem pode oferecer:


Novamente agradeço ao amigo Adilson pela recomendação.

Abraços renovados para todos!

7 comentários:

  1. Essa já me deixou de boca aberta. Vou conferir outras.

    ResponderExcluir
  2. IMPRESSIONANTES!!!Legal! abração,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Tudo isto são técnicas bem trabalhadas com um fim à vista.

    Simplesmente maravilhoso.

    ResponderExcluir
  4. Joe,esse filme é arrepiar!Adorei a foto!Surpreendente mesmo!Bjs,

    ResponderExcluir
  5. Espero que ninguém faça uma animação dessa nas minhas fotos, senão a galera vai perceber como sou insano... Hehhehehe...

    ResponderExcluir
  6. Rapaz que maluco isso né?
    Hahahahahahaha.

    ResponderExcluir
  7. Fabuloso.

    Sem dúvida um grande filme (Shinning), baseado num livro de um escritor fabuloso (Stephen King), dono de uma imaginação fora de série.

    Brevemente conto ler uma septologia dela (As torres Negras).

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!