Escolha uma opção:

domingo, 26 de dezembro de 2010

Livro: Para quando se sentir sozinha



Este belo livro do meu amigo Lucas Menck acabou de ser editado pela editora Abrali, onde o Conselho Editorial da editora o especifica como sendo composto pelos seus melhores contos de amor escritos no ano de 2010.

Já tive o prazer de o ler antes da edição, pois honrado fui de receber o convite do mesmo para prefaciar seu livro.

Então, nada melhor que os amigos leiam essas minhas palavras e através delas se sintam apresentados por mim há este amigo que tive o prazer de conhecer no ano passado, e com o qual mantenho uma amizade de grande respeito e carinho, daqueles relacionamentos que tendem a durar por toda a vida!

Para quando se sentir sozinha
Lucas Menck



Prefácio

Existem pessoas que conseguem enxergar o amor de diversas formas, onde nem mesmo ele parece existir, oculto que está por situações adversas que fariam muitos desistirem.
Existem pessoas que tem o dom de dizer as palavras certas nas horas em que elas precisam ser ditas, naqueles momentos em que a solidão invisível parece querer sufocar.
Essas pessoas as quais me refiro que parecem ter uma sensibilidade elevada de tal forma que conseguem captar o mais simples vestígio de dor, sofrimento, e se empenham em transformar tais “vestimentas” em leves sedas perfumadas pelo amor.
O problema é que essas pessoas são raras e cobram caro, quando se tem a sorte de encontrá-las. A sua raridade está em conseguir notá-las em meio à multidão, pois não fazem alarde sobre a sua presença, somente vem, fazem o que devem fazer e se vão, deixando uma marca muitas vezes inesquecível. E o seu preço é tão alto que fica difícil sequer imaginá-lo, ainda mais porque não pode ser pago com as moedas vigentes, mas geralmente quando se percebe muitas vezes já o pagou, provavelmente da mesma maneira que se deve agir quando se recebe algo de bom, provavelmente até sem mesmo notar.
Enfim existem pessoas assim, que parecem ter uma sina única em nossa existência, a de se importar e confortar, a de se amar e fazer questão que todos saibam, a de sofrer calado a sede do amor e continuar sorrindo para que outros também não sofram, a de continuar acreditando em algo invisível que apesar de muitas vezes não fazer sentido, só pode ser sentido por aqueles seus iguais, aos quais chamo de condutores do amor.
Eu tenho a sorte de conhecer uma dessas pessoas e aqui me sinto honrado em apresentá-la. Seu nome é Lucas Menck.
Ele nos trás mais esse belo trabalho intitulado “Para Quando Se Sentir Sozinha” e depois de lê-lo com atenção e principalmente com o meu coração aberto, fui levado numa viagem em busca da chave mais rara e mais cobiçada da nossa atualidade, aquela que abre definitivamente o cadeado da corrente que nos prende à solidão.
Acabei então por comprovar uma das minhas suspeitas em relação a esse promissor escritor: a sensibilidade lhe sobra e o amor transborda em seu ser!

JGCosta

Para aqueles que assim como eu querem ficar encantados com suas palavras, cliquem no endereço abaixo, eu recomendo! No mínimo, no mínimo, vai ser um belo presente para vocês mesmos ou quem sabe, para alguém que amamos... Foi agindo assim que fui apresentado a esse seu novo trabalho, foi agindo assim que eu arranquei mais alguns sorrisos de alguém que me é infinitamente especial...


Recomendem ao amigos!


Abraços renovados!

8 comentários:

  1. Gostei da dica! Pode ter certeza que indicarei às minhas amigas!
    Obrigada pela visitinha e pelo comentário lá no meu cantinho!
    Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Uma ótima dica e fizeste uma bela apresentação.abraços,sucesso ao autor,chica e feliz 2011!

    ResponderExcluir
  3. Um feliz ano novo
    Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Vim agradecer e dizer que tua linda interação está lá! abraços, chica

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela visita, a blogosfera é tão grande que por vezes a gente nos perdemos, e eu acho que me perdi de alguns amigos.

    um feliz ano novo para si também,
    José.

    ResponderExcluir
  6. JOE,muito bem prefaciado o livro de seu amigo que,com certeza, é uma dica excelente e já irei compartilhar com meus amigos!Um ano muito feliz com saude,paz e alegrias a vc e sua familia!Bjs,

    ResponderExcluir
  7. Meus sentimentos pela partida de seu amigo! Deixou belas mensagens em sua passagem!bjs,

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!