Escolha uma opção:

domingo, 13 de fevereiro de 2011

UMA ORAÇÃO PARA ANGUSTIA - Gildo de Oliveira

Meu peito sentia uma pressão tão forte
Que me causava calafrios por pressentir a morte
E nesta dor latente que me invadia a alma
Cruel incerteza que me tirava a luz ...e a calma!

Me sentia tão deprimido e angustiado!...
Por não saber ou imaginar qual razão
Do acelerar descompassado do meu coração.

Por estar assim tão só,... tão desesperado!...
Sai a buscar repostas do que se passava comigo
E não conseguindo encontrá-las, me perguntava,
Será que fiz algo errado?... Será que é castigo?

Eu já não sabia mais o que fazer...ou mesmo dizer
Não imaginava como poderia tentar resolver
Mas eis que uma voz se fez ouvir em minha mente
Reza filho,... pois tua alma é quem está doente!

No mesmo momento me pus a rezar e... implorar!
Que eu pudesse saber qual o verdadeiro motivo
Da minha terrível sina e de meu viver subjetivo

Enquanto as lagrimas escorriam em meu rosto
Elevei a Deus, todo o meu amor e pensar
Escutei pequenos passos e o bater de uma porta
Vi a imagem de um belo menino surgir a cantar

Senti naquele instante o poder de uma oração
Foi-se embora a depressão, a angustia e a mágoa
Hoje sou um outro homem ...pois aprendi a lição!


A oração foi um Pai Nosso, e um pequeno pedido de perdão, nada mais! E o menino era meu neto, que ficou órfão do pai, aos 3 anos.

GILDO OLIVEIRA
Publicado no Recanto das Letras em 01/06/2009, veja o link:

Uma oração para angústia

===============================================

Creio que essa oração se faz necessária em todos os dias da nossa vida!

Publicado com autorização do autor.

Abraços renovados!

2 comentários:

  1. Lindo e Gildo arrasa sempre! abração aos dois,lindo domingo,chica

    ResponderExcluir
  2. Que lindo poema! Se tivéssemos a fé tão solida como o personagem do seu poema, certamente veríamos nossos problemas sob outra óptica. E os resolveríamos mais tranquilamente, sem prejuizo do nosso próximo.
    Te convido a visitar meu cantinho.
    Muita paz!

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!