Escolha uma opção:

domingo, 28 de março de 2010

Meu último debate sobre o caso da Pequena Isabela

Prefiro chamar esse caso encerrado como o da “Pequena Isabela”, assim como muito o batizaram!
Chegou ao fim, passou da hora, e aparentemente se fez justiça, coisa rara no nosso país em alguns segmentos, fato que explica a comoção geral.
Mas deixando de lado todos os critérios técnicos que minuciaram todo o ocorrido, fica um vazio no qual somente uma grande interrogação ilumina e se apaga tal um outdoor eletrônico: o que de fato aconteceu que levou ao assassinato da Pequena Isabela? Foi um momento de total loucura desenfreada com um resultado trágico? Ou foi um plano maquiavélico previamente elaborado?
Creio que tudo leva a crer que a primeira opção é a mais aceitável e que uma estratégia só foi pensada após o fato, com uma frieza terrível!
Ou pode ser resultado de uma junção das duas alternativas, onde somente uma oportunidade foi aguardada?
Não tenho as respostas, somente estas suposições e o grande vazio que citei...
Mas o que pensam os amigos?
O que de fato ocorreu é uma informação que está agora guardada para sempre na memória dos condenados e mesmo que eles jurem que finalmente toda a verdade será revelada, segundo a segundo, ninguém mais irá acreditar totalmente, pois todos entenderão que não passará de mais um argumento para colocá-los frente a frente com uma liberdade que no mínimo não merecem nesse momento, por terem ocultado tantos detalhes.
Sei que a maioria não deseja tocar nesse assunto, assim como eu mesmo, mas gostaria de debater o tema somente mais uma vez, para quem sabe conhecer um pouco mais de uma natureza humana que a cada dia nos surpreende mais, tanto para o bem quanto para o mal!
Para tanto gostaria de saber quais as suas opiniões, as quais responderei e colocarei em discussão também!

Abraços para todos!

Um comentário:

  1. Bastante pertinente a dúvida. O que, de fato, os levou a cometer o crime ninguém sabe. Tenho a impressão de que isso virá à tona mas será coisa para daqui muitos anos. Abraço.

    ResponderExcluir

Agradecido por comentar!
Abraços renovados do amigo JoeFather!